Disciplina

Gislaine M. D`Assumpção - É necessário que se organize para poder se harmonizar.

Isso é imperativo.

A obediência sistemática no processo de organização, conduzirá a harmonização. Deverá inicialmente começar de fora para dentro e tão logo consiga, automaticamente passará o comando do Ser Interior, atingindo o externo. O processo se inverte. Comece nas mínimas coisas. No horário de se levantar, na forma de se alimentar, na forma de organizar o seu armário, o seu quarto, a sua casa, o seu carro, o seu escritório, a sua mesa de trabalho e sua cesta de lixo, etc, etc...

 Quando tirar por alguma necessidade, uma coisa de seu lugar pré-estabelecido dentro do plano da organização, volte instantaneamente com ele para o lugar de origem. Acompanhe esse gesto educando a vontade a disciplina. Não escute o querer. Faça conscientemente.

Exemplifico: Ao tomar um copo d´água e após ingeri-la, pegue o copo, lave-o e guarde-o em seu lugar. Se o querer ponderar que não é necessário essa atitude naquele instante e o corpo físico prontamente aceitar, esforce e faça o inverso, mesmo que sacrifique a comodidade, não se esquecendo que está  trabalhando o processo de sua harmonização.

 “Na medida em que eu me levanto e levo esse copo para ser lavado e guardado, eu escuto e obedeço a voz do meu Eu interior. Só ela neste momento estará agindo em mim. Serenamente,  firmemente, disciplinadamente, harmoniosamente”. Deverá aplicar esse tratamento nos menores gestos.

 Gradativamente irá notando a manifestação maior do seu EU e conseqüentemente maior equilíbrio e harmonização.

Irá também sentir que qualquer atitude fora desse prisma, começará a incomodá-lo, e nesse momento saberá que o processo de inverso estará concretizado.

 O EU Interior começará a se sobrepor ao querer e aí o trabalho da harmonização será conseqüência lógica.

 Só assim conseguirá harmonizar todo seu “SER”.