HINDUÍSMO

Hinduismo -  PALESTRA DRA. GISLAINE MARIA D’ASSUMPÇÃO

 ORIGEM DO HINDUÍSMO NÃO POSSUI ORIGEM – É O CAMINHO ETERNO DA ORDEM CÓSMICA.

SURGIU POR VOLTA DE 1500 AC.

• AGNI – FOGO

• NANDI (O TOURO) – É O VEÍCULO DO DEUS SHIVA.

• SHIVA – SENHOR DO TEMPO – PARVATI  (CONTRAPARTE FEMININA).

• VISHNU – DEUS DE MUITAS FORMAS.

HINDUÍSMO

NÃO HÁ UM SALVADOR  OU REDENTOR ÚNICO E SIM MUITAS SEITAS, GUIAS E GURUS.

ORAÇÃO DO UPANIXDES QUE RESUME A BUSCA:

“DO IRREAL, LEVA-ME AO REAL, DA ESCURIDÃO, LEVA-ME À LUZ, DA MORTE, LEVA-ME À IMORTALIDADE”.

 

HINDUÍSMO

VEDAS – 4 COLETÂNEAS DE TEXTOS.

TRINDADE: BRAHMA, VISHNU E SHIVA.

EX. DOS TEXTOS DOS VEDAS:

• UPANIXADES

• MAHABHARATA

• BHAGAVAD GITA

BHAGAVAD GITA

CANÇÃO DO SENHOR

• FAZ PARTE DO MAHABHARATA

• É UM POEMA ÉPICO

• LUTA DE ARJUNA

 

BHAGAVAD GITA

• PREGA QUE O VERDADEIRO EU, É A ALMA.

• CONCENTRA-SE NA DEVOÇÃO.

• NA LEITURA APAGA TODOS OS PECADOS

SHIVA E PARVATI – O DESTRUIDOR.

VISHNU – O PRESERVADOR.

GANESH – O REMOVEDOR DE OBSTÁCULOS, FILHO DE SHIVA E PARVATI.

REENCARNACIONISTAS – DHARMA E CARMA.

SHIVA

“APENAS OS INCULTOS JULGAM A MIM (VISHNU) E A SHIVA COMO DISTINTOS, ELE, EU E BRAHMA SOMOS UM ASSUMINDO NOMES DIFERENTES  PARA A CRIAÇÃO, PRESERVAÇÃO E DESTRUIÇÃO DO UNIVERSO. NÓS, COMO O EU TRIUNO, PENETRAMOS EM TODAS AS CRIATURAS”.

MOKSHA = LIBERTAÇÃO

É O ÚLTIMO OBJETIVO DA VIDA HINDU, A LIBERAÇÃO DO CICLO DO NASCIMENTO OU SAMSARA.

PARVATI

PARVATI, FILHA DA MONTANHA SAGRADA, O HIMALAIA, É A MAIS MODESTA, CONSERVADORA E BENIGNA DAS CONSORTES DE SHIVA. CONHECIDA POR SUA DELICADEZA, MOSTROU UMA DETERMINAÇÃO POUCO PECULIAR EM SEDUZIR E SE CASAR COM SHIVA, QUE INICIALMENTE A REJEITOU POR SUA COR ESCURA, PARA SUBMETÊ-LO, ELA REALIZOU PRÁTICAS ASCÉTICAS QUE FIZERAM SEU CORPO BRILHAR.

É GERALMENTE RETRATADA COM SHIVA E OS FILHOS GANESH E KARTIKEYYA.

 

LAKSHMI, A FORMA BENIGNA DA DEUSA MÃE

LAKSHMI É UMA DAS MAIS AFÁVEIS E BENIGNAS FORMAS DA DEUSA MÃE.

EMBORA SEJA CONSORTE DE VISHNU, ELA TAMBÉM TEM SEU PRÓPRIO CULTO. A IMAGEM MAIS ANTIGA QUE PODE SER IDENTIFICADA COMO SENDO DELA ENCONTRA-SE EM UMA BALAUSTRADA DE PEDRA NA STUPA BUDISTA DE BHARHUT E DATA DO SECULO II AC., ELA REPRESENTA UMA MULHER DE PERNAS CRUZADAS, SENTADA EM UM LÓTUS LUSTRADO POR DOIS ELEFANTES.

HINDUÍSMO A VERDADE ETERNA

• É O NOME DADO NO SÉCULO XIX AO CONJUNTO DE RELIGIÕES DA ÍNDIA.

• HINDU = RIO – REFERE-SE ÀS PESSOAS QUE VIVIAM NO VALE DO ÍNDIO.

SISTEMAS DE CASTAS

CRENÇA DE UMA ALMA ATMAN, QUE RENASCE MILHÕES DE VEZES, EM MUITAS FORMAS.

MOKSHA – LIBERTAÇÃO

CAMINHOS:

• JNANA YOGA – DO CONHECIMENTO

• KARMA YOGA – DA AÇÃO

• BHAKTI YOGA – DA DEVOÇÃO

PENSAMENTO NÃO DUALISTA

TUDO O QUE VEMOS PARECE SER DIFERENTE, MAS EM ESSÊNCIA É UM SÓ.

KRISNA

DEUS TOMANDO A FORMA HUMANA – AVATAR

RELIGIÃO VÉDICA

• AGNI (FOGO)  IMPORTANTE NOS RITUAIS

• CANTOS SAGRADOS – MANTRAS

NANDI, O TOURO

• É O VEÍCULO DE SHIVA

• ENCARNA A ENERGIA SEXUAL

• BRANCO COMO A NEVE

SHIVA

• TRIDENTE – TRÍPLICE

• QUALIDADE DA NATUREZA, CRIAÇÃO, PRESERVAÇÃO, DESTRUIÇÃO.

GARUDA

ÁGUIA GIGANTE – É O VEÍCULO DE VISHNU

CONSORTES DE SHIVA

• DURGA – PODEROSA DEUSA. CRIADA PELA FÚRIA DOS DEUSES

• KALI -  REPRESENTADA DE FORMA FURIOSA

• PARVATI – FILHA DA MONTANHA SAGRADA HIMALAIA, É BENIGNA.

GUANESH – O REMOVEDOR DE OBSTÁCULOS

LENDA – SHIVA SEU PAI NÃO RECONHECEU E O DEGOLOU. AO PERCEBER O ERRO, PROMETEU REPOR-LHE A CABEÇA TOMANDO-A DA PRIMEIRA CRIATURA QUEVISSE.

CULTO HINDU OU PUJA

ENVOLVE IMAGENS E ORAÇÕES.